top of page
Buscar
  • cistopilonidalgrup3

Abril Preto - Mês de conscientização da Doença Pilonidal

A campanha Abril Preto foi criada pelo grupo de apoio fundado pela Debbie, o Cisto Pilonidal Grupo e Suporte em 2017.

O projeto considerado o maior suporte do cisto pilonidal do mundo tem proporcionado acolhimento à milhares de portadores, compreendendo as suas necessidades e compartilhando conhecimento nesse universo particular do cofrinho.


O Abril Preto iniciou-se em 2017, quando alguns membros se reuniram para chamar atenção da coloproctologia, especialidade que trata da patologia, já que o cisto pilonidal ainda era pouco falado.


Então, decidiram nomear o mês de abril como o mês oficial do Cisto Pilonidal.

Após essa decisão, optaram pela cor preta como forma de "protesto" e também com o intuito de proporcionar leveza, afinal, as doenças orificiais ainda possuem o grande tabu na sociedade.


O nosso cofrinho precisa de atenção e o Abril Preto veio para somar!


O Abril Preto tem como missão alcançar todos os assuntos importantes sobre a Doença Pilonidal para a sociedade em geral.


O cisto pilonidal é caracterizado pelo surgimento na região do cóccix (entre o final da coluna vertebral e a parte superior das nádegas) e no interior da pele de uma lesão sólida de consistência borrachosa, recoberta por uma membrana, em cujo interior podem ser encontrados elementos como pus, pêlos, pele morta e glândulas.

Também pode formar um trato até a parte externa do corpo do paciente, fazendo com que, na pele, sejam eliminados parte do pus e dos elementos em seu interior.

Conforme o cisto pilonidal evolui, ele pode até mesmo causar necroses na pele, além da formação de fístulas e outros túneis em seu redor.

O cisto pilonidal é uma variante do cisto dermoide e surge mais comumente na região do cóccix, mas também pode aparecer em outras áreas do corpo, como nas axilas, no umbigo e em outras partes onde haja a presença de pelos, como no couro cabeludo.

Ele também pode ser chamado de cisto sacrococcígeo ou de abcesso pilonidal e é mais comum em pacientes do sexo masculino.

Acredita-se que o cisto pilonidal possa ser causado por vários fatores, como alterações hormonais que estimulam a formação de pelos na pele do paciente.

Também há teorias que falam que o cisto pilonidal foi formado por pelos que se desprenderam dos folículos capilares do paciente, mas continuaram próximos à pele (como presos nas roupas, por exemplo). Com o atrito e o calor, esses pelos podem acabar adentrando a pele do paciente e o organismo forma o cisto pilonidal ao seu redor como forma de proteger o corpo.

Pelos encravados também são apontados como sendo uma das causas do cisto pilonidal.

O que se sabe é que os cistos pilonidais podem surgir mais de uma vez em um mesmo paciente.

Surgimento de um nódulo na parte superior das nádegas, na região do cóccix;

  • eliminação de um líquido malcheiroso por meio desse nódulo;

  • inchaço na região do nódulo;

  • dor na região do nódulo;

  • febre;

  • náusea;

  • cansaço.


O #ABRILPRETO tem o intuito de promover visibilidade ao cisto pilonidal, uma doença pouco falada e alcançar a sociedade como um todo, proporcionando informação simplificada além de buscar apoio com especialistas para abraçarem esta causa conosco.



11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page